(12) 2134.9100 | Fale conosco

O QUE ESPERAMOS DO ALUNO

Assiduidade

Todo o nosso trabalho pedagógico é planejado e executado pensando nos alunos, na atividade dos alunos, na produção dos alunos. Uma falta interrompe e prejudica o trabalho.

Comprometimento e empenho

O aluno deve se envolver com responsabilidade em todas as atividades propostas pela escola, individuais ou em grupo. O aluno que desenvolve as propostas da escola com entusiasmo aprende mais e aprimora a sua formação.

Pontualidade

Recomenda-se que os alunos cheguem à Escola 15 minutos antes do início das atividades. A pontualidade é necessária para quem não quer sofrer prejuízos nos trabalhos.

Aula bem assistida

Assistir bem às aulas faz parte do trabalho do aluno. Fazer essa parte do trabalho bem feita é meio caminho andado em direção ao sucesso.   Quem assiste bem às aulas, aprende mais, estuda mais em menor tempo e não apresenta dificuldades. Assistir bem às aulas significa prestar atenção ao professor, seguir suas orientações e fazer os exercícios propostos.

Respeito e cordialidade com colegas, professores e funcionários

O aluno deve colaborar para a boa convivência entre todos no ambiente escolar. O gesto, a linguagem e a ação devem ser respeitosos para promover o bom andamento de todas as atividades escolares: na sala de aula, nas excursões e nos eventos.

Cuidado nas Avaliações

O número de avaliações a que nossos alunos são submetidos é bastante grande. Só se aprende a fazer, fazendo. Em cada avaliação, nossos alunos devem:

Manter a calma

Se o aluno está calmo, basta manter-se assim. Se não está calmo, pode-se acalmar com respirações lentas e profundas, e em seguida, com uma leitura descompromissada da prova. Conforme a leitura avança, o aluno vai identificando termos propostos e situações familiares que colaborarão para volta à calma necessária, e assim poderá iniciar os trabalhos.

Iniciar pelo mais fácil

Uma boa forma de iniciar uma avaliação é lendo-a do início ao fim e, durante a primeira leitura, estabelecer uma classificação inicial para cada proposta (questão) que pode ser: fácil, média ou difícil. Resolvem-se as fáceis já na primeira leitura.
Na segunda passagem pelo texto, trabalham-se as médias e conferem-se as fáceis. Para o final, sobrarão as difíceis. Reservar um tempo para fazer uma última conferência antes de entregar a prova. Essa é a técnica a que se deu o nome sugestivo de “pega-varetas” por aplicar-se às normas técnicas do jogo às provas.

Conferir tudo o que fez

Um professor “mitológico” do Anglo sempre dizia: “confira o que você fez, pois se você errar o que você sabe, o que você vai acertar?” Os alunos devem conferir o que responderam. Cada erro que eles detectam e corrigem é ganho dobrado. Esse investimento paga muito bem.

Trabalhar até o final da prova

Não há trabalho que não possa ser aperfeiçoado. Conferir, fazer de outra maneira para verificar o resultado, deixar a resposta mais clara, a redação melhor, caprichar na letra etc. O aluno deve entregar sua prova ao final do tempo proposto. Todo o tempo deve ser bem aproveitado.

Garra

É uma característica apresentada por todo aluno Anglo. Ter garra significa ter competência e determinação, é saber enfrentar os desafios e estar sempre se preparando para novas empreitadas.